terça-feira, 21 de julho de 2015

Queijo de Mofo Azul



Boa tarde!!!

E continuando nosso bate papo de cozinha. Hoje falaremos sobre "Queijo de Mofo Azul".

Confira também nossa receita com estes delicioso queijo "Bruschetta com geléia de cebola e gorgonzola". confira a receita



Muito presente em nossa gastronomia.



Este queijo recebe o fungo "Penicillium Roqueforti" e depois são perfurados para o oxigênio entrar naturalmente, formando os veios azulados, tendo alguns com consistência cremosa e esfarelados, de sabor picante e aroma forte. Entre as variedades, as mais populares são Gosgonzola, Roquefort, Azul de Maytag e Silton.

Os mais presentes em nossas cozinhas são:

Queijo Gosgonzola: queijo de origem italiana e caracteriza-se por maturação com Penillium Roqueforti, que confere aos queijos seus veios azulados. Por isso faz parte da família dos queijos Azuis ou queijo de Mofo Azul. Os gorgonzolas brasileiros em geral são cilíndricos e pesam ao redor de 3 kilos. São apresentadas também versões ja fracionadas. Apresentam massa úmida com veios azuis esverdeados, textura macia, um pouco pastosa e quebradiça. Têm sabor pronunciado e característico, ligeiramente salgado. Seu ponto ideal de maturação é ao redor de 45 dias após a fabricação, quando já perdeu um certo sabor amargo típico do início da maturação.

Queijo Roquefort: produzido com leite de ovelha não pasteurizado ao qual é adicionado o mofo Penillium Roquefort. A umidade e a quantidade de ar no local de maturação, necessárias para que o mofo se desenvolva no queijo, são rigorosamente controladas. Originário da região de Rouergue, Franças, tem forma cilíndrica e pesa de 2kg a 3 kg. A casca é pegajosa de cor marfim bem clara e a textura é macia, com um aroma característico e sabor que pode ser mas ou menos picante de acordo com o grau de maturação.

Um ótimo dia!!!

Equipe Academia de Cozinha.